Kiriku e a Feiticeira – Relatório do Filme

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011
kiriku-e-a-feiticeira

Direção: Michel Ocelot

Ano: 1998

Duração: 71min

Sugestão de faixa etária: oito anos

Nota: 10

Três pontos importantes no filme: o menino pequeno e corajoso chamado Kiriku, a feiticeira Karabá e a aldeia onde Kiriku foi criado. Desenho francês sobre lenda africana.

Ótimo filme para trabalhar a diversidade cultural, a coragem, força de vontade e sabedoria.

O filme destaca a história de uma comunidade que vivia dominada pelo poder de uma feiticeira.
É um desenho animado de muita impressionabilidade, que agrada e atrai atenção de telespectadores de todas as idades.

Mas os adultos encontram diversas lições de vida nesta lenda, pois se trata de uma história que envolve a coragem de uma criança que era distinta de seus demais companheiros de aldeia. (apenas por ser diferente na altura, era um menino muito pequenino).personagens-da-aldeia

Mas Kiriku não se deixava abalar, pois era um menino perspicaz e astucio que mostrava muito amor e respeito por sua mãe. O menino Kiriru enfrentou e venceu a feiticeira Karabá que contava com a ajuda de seus guardiões malignos.

Como moral da história é perceptível que nesta luta Kiriku aprende que somente o afeto, a veracidade e a bondade, aliados da inteligência, são capazes de vencer a dor e a desigualdade.

Um desenho moderno mostra que os adultos de hoje são capazes de compreender e dar importância à sabedoria das crianças sem subestima-las, desta forma valorizando-as e obtendo bons resultados devido a comunicação e confiança.

1 comentários:

  1. BrunaF. disse...:

    Esse filme é muito legal *---------------*

Postar um comentário

Compartilhe

 
© Ensaio Pedagógico | Designed by Thailand Hotels, in collaboration with Tech Updates, Webdesign Erstellen and Premium Wordpress Themes